Experiências e reflexões de monitoria: contribuição ao ensino-aprendizagem

Rosineide Nascimento da Silva, Maria Lusia Morais de Belo

Resumo


Este artigo aborda experiências e reflexões acerca da prática de monitoria acadêmica, que visa fortalecer o processo ensino-aprendizagem. Para isso, realizou-se o acompanhamento dos alunos em aulas laboratoriais e estudos extraclasses, a aplicação de estudos dirigidos, as pesquisas bibliográficas e a elaboração parcial de material didático eletrônico (atlas de histologia). Constatou-se durante a monitoria, que a maioria dos alunos tende a negligenciar as atribuições e possíveis contribuições do monitor como instrumento de melhoria de seu aprendizado. Conclui-se que, o aluno universitário precisa conceber o monitor como um sujeito que pode e deve ter suas potencialidades exploradas e, por outro lado, deve ser visto pela instituição como um agente que precisa de assistência contínua e eficaz para que possam refletir sobre ações a serem adotadas para contornar os obstáculos que surgem na formação acadêmica.


Palavras-chave


Monitor; Ensino superior; Percepções

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Scientia Plena
Licença Creative Commons
Todo conteúdo deste periódico, salvo quando explicitado de forma diferente, está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.