Adições de nutrientes na compostagem de podas de árvores na região semiárida do NE do Brasil

Emmanuel Dutra, Rômulo Simões Cezar Menezes, Dario Costa Primo

Resumo


Um dos principais problemas na reciclagem de resíduos orgânicos na região semiárida é a baixa concentração de nutrientes nas biomassas disponíveis. O objetivo deste estudo foi avaliar os efeitos das adições de biomassa de gliricídia, como fonte de N orgânico, e do pó de rocha MB-4, como fonte de Ca e Mg, sobre a qualidade e o potencial de fornecimento de nutrientes dos compostos orgânicos produzidos a partir de poda de mangueira e esterco bovino na região semiárida do NE do Brasil. O estudo foi realizado em duas etapas, a primeira foi no pátio de compostagem da Fazenda Tamanduá, localizada no município de Santa Terezinha – PB, onde foram construídas pilhas de 100 kg em delineamento inteiramente casualizado com quatro tratamentos e quatro repetições. Em uma segunda etapa, os compostos orgânicos produzidos foram testados em ensaio com delineamento inteiramente casualizado em casa de vegetação utilizando-se da planta de milho como indicadora da disponibilidade de nutrientes. A adição de biomassa de gliricídia acarretou em composto orgânico com maior concentração de N (12,1 g.kg-1) e menor relação C/N (13,9). Enquanto que a adição de MB-4 não acarretou maiores concentrações de Ca e Mg nos compostos. A análise variância (ANOVA) para o acúmulo de nutrientes pela planta de milho não apresentou diferença significativa entre os compostos orgânicos, porém com diferença significativa em relação ao tratamento testemunha. A adição da biomassa de gliricídia, na compostagem de resíduos de podas e esterco bovino, acarreta a produção de composto orgânico de melhor qualidade.

Palavras-chave


Reciclagem; Resíduos orgânicos; biomassa residual; pó de rocha

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Scientia Plena

Licença Creative Commons
Todo conteúdo deste periódico, salvo quando explicitado de forma diferente, está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.