Florística e fitossociologia da família Orchidaceae no Centro de Educação Ambiental “Francisco Mendes”, município de Mogi Guaçu, SP, Brasil

Cristiano Pedroso de Moraes, Edson Domingues, Ligia Eleonor Prezzi, Thiago Souza Leal, Rafael Itacir Zambon, Rafael Luiz Brescansin, Paula Aparecida Bonatti Ramos

Resumo


As florestas ribeirinhas em cerrados são amplamente estudadas, porém informações sobre ecologia de orquídeas nestas formações florestais são escassas. O objetivo deste trabalho foi descrever a composição florística e fitossociologia da família Orchidaceae em floresta ribeirinha localizada em fragmento florestal situado no município de Mogi Guaçu, SP. A família Orchidaceae foi representada por duas espécies. As espécies encontradas foram Oeceoclades maculata Lindl., e Vanilla planifolia Jacks ex. Andrews. Os estudos fitossociológicos demonstraram baixa diversidade (H’ = 0,6 bits.ind-1) e equitabilidade (J = 0,3). Este fato confirma a diminuição de populações de orquídeas na área de estudo provavelmente decorrentes das perturbações antrópicas, como o desenvolvimento de áreas urbanas ao redor e subseqüente construção de zoológico no local.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Scientia Plena
Licença Creative Commons
Todo conteúdo deste periódico, salvo quando explicitado de forma diferente, está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.