Saberes relacionados ao uso de plantas medicinais e influência na prática didática dos estudantes de Mãe D’Água, Paraíba, Brasil

Maria Aparecida Felix Soares Lustosa, Larissa Araújo Santos, Rafael Medeiros de Araújo, Giselly Campos da Silva, Maria das Graças Veloso Marinho, Edevaldo da Silva

Resumo


Esta pesquisa objetivou avaliar os conhecimentos e envolvimento dos estudantes do ensino médio público (15-20 anos) da cidade de Mãe D’Água, Paraíba, relacionados às plantas medicinais e promover a construção de saberes nessa área por meio de uma prática de ensino. O estudo teve três momentos distintos: aplicação de questionário constituído 9 afirmativas estruturadas segundo o modelo da escala de Likert e mais 6 perguntas; vivência prática didática com os alunos e; reaplicação do questionário. Os alunos possuíam pouco conhecimento sobre A etnobotânica, plantas medicinais e o seu uso. Entretanto, após a vivência didática, se observou aumento significativo desse conhecimento, tais como conceituar corretamente a Etnobotânica e o que são plantas medicinais. Os conhecimentos sobre plantas medicinais foram adquiridos, principalmente, dos avós. As folhas é a parte que eles mais usam para fins medicinais. Antes da prática, eles 24,5% acreditavam que as plantas medicinais não causavam danos à saúde, 67,3% consideravam os seus efeitos moderados. Após a prática didática, esses percentuais modificaram-se para 8,2% e 51%, respectivamente. A prática didática foi eficaz para mediar e melhorar esse conhecimento. Os alunos, antes e após a prática didática, consideraram importante o estudo das plantas medicinais na disciplina de Biologia para informar sobre seus diferentes aspectos, tais como: ecológico, botânico (morfológico e taxonômico). É veemente a necessidade da inserção do ensino sobre plantas medicinais no currículo escolar, para que haja a construção do saber e promoção da valorização e uso dessas plantas presentes na comunidade em que os estudantes vivem.


Palavras-chave


Prática de ensino; Plantas Medicinais; Fitoterapia

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.14808/sci.plena.2017.061202

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Maria Aparecida Felix Soares Lustosa

Licença Creative Commons
Todo conteúdo deste periódico, salvo quando explicitado de forma diferente, está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.