Avaliação do perfil sócio demográfico e hábitos de vida dos pacientes hospitalizados no munícipio de Lagarto, Sergipe

Autores

  • Glebson Moura Silva Universidade Federal de Sergipe
  • Gardênia Gonçalves Santos Menezes Faculdade Ages

Palavras-chave:

Estilo de vida, Processo saúde-doença, Enfermagem

Resumo

O estudo teve como objetivo avaliar o perfil sócio demográfico e estilo de vida dos pacientes internados em clínica médica no Hospital Regional de Lagarto, no município de Lagarto, Sergipe, em vista da identificação dos fatores limitantes ao cuidado de Enfermagem. Esta pesquisa teve natureza quantitativa, descritiva e exploratória, a amostragem foi aleatória e o instrumento de coleta de dados foi um formulário composto de questões objetivas e subjetivas. Os resultados foram analisados estatisticamente e apontaram que todos os pacientes tinham hipertensão ou diabetes; faixa etária entre 35 e 86 anos, com média de idade de 61.1; predomínio do sexo feminino (52,5%), baixa renda (72,5%), casados (60%), baixa escolaridade (62,5%); tabagismo (5%); etilismo (12,5%); sedentarismo (80%); 45% apresentaram cardiopatias como a principal comorbidade; 72,5% demonstraram conhecimento insatisfatório em torno do internamento e do significado de sua patologia; 45% afirmaram internamento por mais de três vezes; 80% dos cuidadores familiares eram mulheres. Considera-se que estas características apontam para um sujeito vulnerável e podem influenciar em seu processo saúde-doença e tratamento, requerendo uma assistência organizada e focalizada na prevenção de reinternações, interferindo no planejamento do cuidado de enfermagem. 

 


Biografia do Autor

Glebson Moura Silva, Universidade Federal de Sergipe

http://lattes.cnpq.br/2379126335821781 

Downloads

Publicado

2014-04-02