Obtenção e caracterização físico-química e química do polvilho da fruta-de-lobo (Solanum lycocarpum A. St-Hil)

Denise Alvarenga Rocha, C. M. P. Abreu, M. G. Cardoso, A. D. Corrẽa, E. W. N. F. Contado

Resumo


           A população brasileira tem buscado, cada vez mais, medicamentos alternativos, refletindo um aumento significativo no consumo de fitoterápicos nos últimos anos. Muitos destes produtos são utilizados de modo empírico, como é o caso da espécie vegetal Solanum lycocarpum A.St-Hil, conhecida popularmente como lobeira; parte de sua polpa é utilizada no controle da glicemia em pacientes com diabetes mellitus. Neste contexto, objetivou-se preparar um polvilho da polpa da fruta-de-lobo, comparar com o polvilho da mesma fruta que é comercializado em cápsulas na região de Lavras,MG, avaliando-os em termos de características físico-químicas e químicas e identificar compostos químicos que possam estar envolvidos no controle da glicemia em pacientes diabéticos. As frutas utilizadas neste estudo foram colhidas de uma planta nativa da Universidade Federal de Lavras, no estádio de maturação verde. Essas frutas foram levadas ao laboratório de Bioquímica do Departamento de Química, para a obtenção do polvilho utilizando uma metodologia específica, as cápsulas foram adquiridas de uma farmácia de Lavras e o amido solúvel foi obtido de um laboratório comercial. Estas três amostras foram submetidas às análises físico-químicas e químicas, como ponto de fusão, infravermelho, teste de solubilidade, sólidos solúveis totais, açúcares redutores e não-redutores, amido total, amido resistente, compostos fenólicos, pectina solúvel e total, nos laboratórios de Química Orgânica e de Bioquímica do DQI/UFLA. O delineamento experimental utilizado foi o inteiramente casualizado, com sete repetições. O polvilho da fruta-de-lobo produzido no laboratório do DQI/UFLA se destacou para a maioria dos constituintes analisados. Isto é uma indicação de que o estádio de maturação da fruta-de-lobo e o método de obtenção do polvilho são etapas essenciais na produção do polvilho, portanto devem ser trabalhadas cuidadosamente. Os polvilhos apresentaram constituintes químicos, como pectina e amido resistente que podem estar relacionados aos efeitos hipoglicemiantes e hipocolesterolêmicos, que são atribuídos a eles.


Palavras-chave


polvilho, fruta-de-lobo e amido

Texto completo:

Sem título

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Scientia Plena

Licença Creative Commons
Todo conteúdo deste periódico, salvo quando explicitado de forma diferente, está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.