Obtenção dos Parâmetros Cinéticos dos Picos Termoluminescentes em 190ºC e 255ºC do Quartzo Extraído de Material de Construção

S. S. Campos, G. M. Almeida, A. S. Lima, F. C. L. Ferreira, L. X. Cardoso, H. N. Santos, R. A. P. Oliveira, L. L. de Lima, S. O. Souza

Resumo


O uso da termoluminescência (TL) é bastante útil para aplicação em dosimetria retrospectiva, isto é, para a determinação da dose de radiação a que foi exposto determinado material, e, por conseqüência, os seres vivos deste lugar. Para isto, a determinação do tempo de vida pode ajudar a esclarecer qual intensidade TL é devida à dose da radiação ambiente e qual é proveniente de um acidente com radiação. Picos de TL que ocorrem no intervalo de temperatura de 150ºC – 250ºC, correspondendo ao nível intermediário, são comumente utilizados para dosimetria retrospectiva por apresentar um tempo de vida relativamente curto comparado ao sinal geológico termoluminescente. Sendo assim, neste trabalho, foram obtidos a ordem de cinética (b), a energia de ativação (ET) e o fator de freqüência (s) dos picos em 190ºC e 255ºC de amostras de quartzo extraídos de materiais de construção. Ambos foram avaliados utilizando diversos métodos, e com eles foi possível estimar o tempo de vida de cada um, estando na ordem de dias para aquele, em torno de 190ºC e em centenas de anos para o de 255ºC, caso a amostra esteja submetida a uma temperatura ambiente de 15ºC. Isso indica que este último poderá ser utilizado em dosimetria retrospectiva de quartzo não queimado. 

Palavras-chave


termoluminescência, quartzo, parâmetros cinéticos, dosimetria retrospectiva

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Scientia Plena

Licença Creative Commons
Todo conteúdo deste periódico, salvo quando explicitado de forma diferente, está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.