Síntese e Análise de cerâmicas nanoestruturadas de Y2O3 dopadas com európio e térbio

Marcela Costa Alcântara, Zélia Soares Macedo

Resumo


Neste trabalho, avaliamos a potencialidade do material cintilador Y2O3 dopado com os terras raras Eu3+eTb3+para uso em detectores de radiação em equipamentos de imagem médica. Os pós cerâmicosnanoestruturados foram produzidos pela rota de sol-gel proteico, que emprega os precursores Y(NO3)3.6H2O, Eu2O3 e TbCl3 dissolvidos em água de coco, e que apresenta vantagens econômicas e ambientaissobre o processo sol-gel convencional. Para a preparação do sol de ambas as dopagens, os precursores Y(NO3)3.6H2O e Eu2O3; Y(NO3)3.6H2O e TbCl3 foram dissolvidos, em proporção molar de 99:1, em águade coco e agitados por alguns minutos para formar um sol homogêneo e transparente. Após a preparaçãodo sol, o material era seco em estufa a 100 °C para formar um xerogel, homogeneizado em almofariz deágata e calcinado a 850 °C / 8h em forno de atmosfera aberta. Amostras de Y2O3 puro também forampreparadas e caracterizadas, para serem usadas como material de referência. Após a síntese, os póscerâmicos foram prensados uniaxialmente e sinterizados em temperaturas entre 1100 °C e 1400 °C. Foimedida a densidade das cerâmicas pelo método de Arquimedes para investigar a sua incorporação emmatriz hospedeira. Os materiais produzidos apresentaram fase cristalina única, confirmada por medidas dedifração de raios-X (DRX) de pó, e tamanho de partícula em torno de 50nm, observado por microscopiade força atômica (AFM) e por microscopia eletrônica de varredura (MEV). A qualidade dos cintiladoresproduzidos foi investigada através das técnicas de radioluminescência, termoluminescência efotoluminescência, em um intervalo de comprimentos de onda de 200 nm a 800 nm,. O espectro deemissão fluorescente da cerâmica de Y2O3:Eu3+apresenta um pico em 611nm, típico do Eu3+. Esses resultados indicam que os íons Eu3+  contribuem para o aumento da emissão radioativa do material.

Palavras-chave


cerâmica, cintilador, sol-gel

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Scientia Plena

Licença Creative Commons
Todo conteúdo deste periódico, salvo quando explicitado de forma diferente, está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.