Novas Propostas de Síntese para Cerâmicas Nanoestruturadas de Bi4Ge3O12 e Bi12GeO20

Fabiane A. Andrade de Jesus, Marcela Costa Alcântara, Zélia Soares Macedo

Resumo


O germanato de bismuto é um material cintilador sensível à raios – X, β e γ, e o interesse em produzir cerâmicas transparentes desse material é devido à possível substituição do monocristal, atualmente usado em detecção de radiação. As vantagens seriam facilidade de produção, baixo custo e versatilidade de formas e tamanhos. Para reduzir a porosidade da cerâmica sinterizada, esse trabalho tem como objetivo produzir pó cerâmico nanoestruturado de germanato de bismuto. As rotas de síntese investigadas foram SHS e sol-gel protéico. Esta última utiliza a água de coco com um precursor de cadeias orgânicas. A estrutura cristalina de todas as amostras foi determinada por difração de raio-X, e o tamanho e a morfologia de partícula das amostras obtidas por SHS foram também estudadas por microscopia eletrônica de varredura. A partir dos resultados pudemos concluir que SHS foi eficiente na produção da fase única da cerâmica nanoestruturada Bi4Ge3O12, enquanto a rota sol-gel protéico resultou em fase majoritária Bi12GeO20. 

Palavras-chave


Cintilador, Bi4Ge3O12, Bi12GeO20, SHS, Sol-gel

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Scientia Plena

Licença Creative Commons
Todo conteúdo deste periódico, salvo quando explicitado de forma diferente, está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.