Caracterização do Geossítio Toca das Onças no município de Jacobina, Bahia, Brasil

André Vieira Araújo, Estevan Eltink Nogueira, Sérgio Magarão de Figueiredo junior, Thiago mattos Espirito Santo, Emerson Moreira Cajado

Resumo


A Toca das Onças tem se destacado na literatura científica por suas notáveis contribuições paleontológicas e arqueológicas, todavia poucas informações são conhecidas sobre o contexto socioeconômico e ambiental onde a mesma esta inserida. Diante disso, foram levantadas informações espeleológicas, culturais e turísticas, utilizando critérios de inventariação do patrimônio geológico, objetivando caracterizar a cavidade como geossítio a partir da quantificação e valoração dos elementos da geodiversidade. Os resultados da inventariação permitiu caracterizar o sítio como de alto valor científico e com baixo valor turístico, devido principalmente, à falta de infraestrutura e de acessibilidade. A partir destes resultados espera-se em trabalhos futuros a elaboração de propostas que estimulem o setor turístico no local e consequentemente programas com ações voltadas para a geoconservação do geossítio.


Palavras-chave


inventariação;geodiversidade; Toca das Onças

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.14808/sci.plena.2018.125302

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 André Vieira Araújo
Licença Creative Commons
Todo conteúdo deste periódico, salvo quando explicitado de forma diferente, está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.