A identificação estrutural como proposta de classificação de variáveis para a reconciliação de dados industriais

Antonio Martins Oliveira Júnior, José Carlos Costa da Silva Pinto, Enrique Luis Lima

Resumo


A reconciliação dos dados é fortemente afetada pela formulação do problema, pelo desempenho da otimização e interpretação estatística dos resultados. Isto deve ser avaliado por uma cuidadosa classificação das variáveis. Devido a complexidade dos atuais processos integrados e a grande quantidade de dados disponíveis em plantas automatizadas de alto desempenho, o uso de algoritmos de classificação vem crescendo dia a dia. Eles são aplicados no projeto de novas unidades, revamps e sistemas de monitoramento para reduzir a dimensão do problema de reconciliação de dados. É descrito um novo algoritmo que poderá ajudar o engenheiro a encontrar eficientes estratégias para o problema de classificação, aliado à formulação matemática. Algumas propriedades estruturais são discutidas e ilustradas, bem como é descrito o algoritmo de identificação estrutural. Há um grande incentivo econômico para a classificação robusta de variáveis, pois um procedimento deficiente irá requerer uma instrumentação adicional.

Palavras-chave


Reconciliação de dados; Classificação de variáveis; Processos industriais

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Scientia Plena

Licença Creative Commons
Todo conteúdo deste periódico, salvo quando explicitado de forma diferente, está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.