A crise ambiental analisada a partir do princípio de incerteza de Heisenberg e do conceito de paradigma de Thomas Khun

Frederico Lisbôa Romão, A. S. Ribeiro, L. P. C. Romão

Resumo


Este artigo discute a crise ambiental. A hipótese central identifica a insuficiência das propostas de saídas para a crise em função das mesmas serem signatárias do mesmo paradigma científico iluminista. Discute os conceitos de paradigma, iluminismo e revolução científica. Apresenta dado internacional e nacional. Conclui pela necessária construção de novo paradigma a partir de modelo conceitual no qual o elemento central seja a introspecção do sentido de limites naturais, cognitivos, epistemológicos e éticos.


Palavras-chave


crise ambiental; paradigma; iluminismo; Principio de incerteza de Heisenberg.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Scientia Plena

Licença Creative Commons
Todo conteúdo deste periódico, salvo quando explicitado de forma diferente, está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.