Geração de Perfil Sônico Sintético em Poços de Petróleo Através dos Modelos de Regressão Não Lineares Usando a Profundidade como Variável Regressora

Evelyn S. Chagas, S. L. Russo, V. H. Simon

Resumo


A importância da aquisição do perfil sônico, além da estimativa da porosidade das rochas atravessadas, reside na possibilidade da amarração da interpretação sísmica, em tempo, com as unidades geológicas cortadas pelos poços, em profundidade. Como a maioria dos poços explotatórios não dispõe desse perfil de poço e é inviável economicamente fazer uma nova aquisição recorreu-se a modelos de regressões não
lineares para fazer uma estimativa do perfil sônico, dito “sônico sintético”. Escolheu-se usar os modelos não lineares, pelo fato dos dados não apresentarem uma distribuição normal. Assim, esse trabalho visa determinar um modelo que gere perfis sônicos sintéticos em poços de petróleo perfurados nas unidades geológicas pertencentes à Bacia Sedimentar Sergipe-Alagoas e que estejam dentro dos padrões de qualidade necessários. O software utilizado para a realização desses cálculos foi o SAS Enterprise Guide. Este trabalho tem o apoio financeiro da FAPITEC.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Scientia Plena
Licença Creative Commons
Todo conteúdo deste periódico, salvo quando explicitado de forma diferente, está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.