Hemose: fragmentos de uma história de lutas e conquistas em Sergipe

Vania Fonseca, Francisco Prado Reia, Tatiane Heinemann Böhmer

Resumo


O artigo, baseado em documentos históricos, resgata o processo de criação do primeiro banco de sangue de Sergipe, na década de 1940, a criação do hemocentro público em 1980, sua transformação em autarquia, a unificação com o Laboratório Central de Saúde Pública “Parreiras Horta” dando origem ao Instituto de Hemoterapia e de Atividades de Laboratório Central de Saúde Pública "Parreiras Horta" e a nova fase de mudança, em 2008, quando passou a fazer parte da Instituição o Sistema de Verificação de Óbito,  dando origem à Fundação de Saúde Parreiras Horta, processo de transformação que só foi concluído em 2010, com a assinatura do contrato de gestão entre a Fundação e a Secretaria do Estado da Saúde de Sergipe.


Palavras-chave


Centro de Hemoterapia de Sergipe; História; Sangue

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Scientia Plena
Licença Creative Commons
Todo conteúdo deste periódico, salvo quando explicitado de forma diferente, está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.