Tratamentos clínico-cirúrgicos de mastite gangrenosa unilateral em caprinos por diferentes tipos de cicatrização

Huber Rizzo, Alexandre Cruz Dantas, Janaina Azevedo Guimarães, Lúcio Esmeraldo Honório de Melo, Carla Cristina Moura de Oliveira, Poliana Cordeiro Souto, Mayumi Santos Botelho Ono, Jefferson Airton Leite Oliveira Cruz, Fábio de Souza Mendonça, Atzel Candido Acosta Abad, Rinaldo Aparecido Mota, Robério Silveira de Siqueira Filho, Edvaldo Lopes Almeida

Resumo


A mastite gangrenosa é a mais radical das formas de mastite, que leva a perda do úbere acometido, sendo necessário à realização de tratamento cirúrgico para retirado do tecido necrosado. Neste relato descrevem-se os aspectos clínicos e os procedimentos clínico-cirúrgicos de dois casos de mastite gangrenosa em caprinos atendidos no AGA/DMV/UFRPE onde realizou-se, em uma das cabras com isolamento de Staphylococcus aureus na secreção láctea, mastectomia radical unilateral com cicatrização por primeira intenção e no outro caso extração do tecido necrosado seguido de curetagem física e química do tecido mamário para a cicatrização por segunda intenção. Após o tratamento pós-operatório com o uso de gentamicina e flunixim meglumine, ambos os tratamentos demonstraram-se efetivos em relação à extração do tecido necrosado e prevenção da contaminação da glândula saudável

Palavras-chave


: curetagem, glândula mamária e Staphylococcus aureus

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Scientia Plena

Licença Creative Commons
Todo conteúdo deste periódico, salvo quando explicitado de forma diferente, está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.