Substratos alternativos para produção de mudas de alface e couve em sistema orgânico

Camila da Cunha, Anderson de Souza Gallo, Nathalia de França Guimarães, Rogério Ferreira da Silva

Resumo


O trabalho teve como objetivo avaliar o efeito de diferentes substratos alternativos na produção de mudas de alface e couve em sistema orgânico. O trabalho foi conduzido na área experimental da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul, município de Glória de Dourados, MS, em estufa plástica. O delineamento experimental utilizado foi inteiramente casualizado, com quatro repetições. Os tratamentos avaliados foram: T1: substrato comercial (Bioplant®), T2: composto de esterco bovino, T3: vermiculita, T4: palha de café, T5: composto de esterco bovino (50%)+vermiculita (50%), T6: composto de esterco bovino (75%)+vermiculita (25%), T7: composto de esterco bovino (25%)+vermiculita (75%), T8: composto de esterco bovino (50%)+palha de café (50%), T9: composto de esterco bovino (75%)+palha de café (25%), T10: composto de esterco bovino (25%)+ palha de café (75%), T11: vermiculita (50%)+palha de café (50%), T12: vermiculita (75%)+palha de café (25%), T13: vermiculita (25%)+palha de café (75%), T14: composto de esterco bovino (50%)+vermiculita (25%)+palha de café (25%), T15: composto de esterco bovino (25%)+vermiculita (50%)+palha de café (25%), T16: composto de esterco bovino (25%)+vermiculita (25%)+palha de café (50%). Pelos resultados obtidos, a utilização de substrato formulado a partir de esterco bovino misturado em proporções com a vermiculita apresenta-se como uma alternativa ao substrato comercial na produção de mudas de alface e couve em sistema de bandejas.


Palavras-chave


Lactuca sativa; Brassica oleracea; esterco bovino

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Scientia Plena
Licença Creative Commons
Todo conteúdo deste periódico, salvo quando explicitado de forma diferente, está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.