Formação de Professores de Química: a realidade dos cursos de Licenciatura segundo os dados estatísticos

Weverton Santos de Jesus, Renato Santos Araujo, Deise Miranda Vianna

Resumo


Este trabalho tem como objetivo discutir a formação de professores de química a partir de uma abordagem quantitativa tendo os dados extraídos das Sinopses Estatísticas do Ensino Superior, publicados pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Anísio Teixeira (INEP) como recorte. O período analisado está compreendido entre 2000 e 2012. Para tanto, apoia-se na pesquisa documental de caráter explicativo, no sentido de fazer inferências e discussões por meio de análises gráficas e estatísticas, com relação ao total de vagas, candidatos, ingressos e vagas ociosas, matrículas, concluintes e taxas de evasão. Os resultados apontam para um crescimento no número de vagas e candidatos, que motivaram a procura dos cursos de graduação do Brasil e de Licenciatura em Química. A rede privada tem ampliado sua participação na oferta de cursos de formação de professores, com um crescente aumento no número de matrículas ao longo dos anos, tanto na modalidade presencial como a distância Porém, ampliação do número de vagas não está refletindo no crescimento proporcional de ingressos na Licenciatura em Química. A análise dos dados indicou um crescimento de vagas ociosas e da taxa de evasão, que provavelmente está contribuindo para o esvaziamento dos cursos de licenciatura em química e consequentemente na carência de professores. Assim sendo, o presente trabalho indica a necessidade de se repensar as políticas públicas voltadas ao ingresso e permanência do estudante nos cursos de Licenciatura em Química.

 


Palavras-chave


Formação de professores; Ensino Superior; Licenciatura em Química

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Scientia Plena
Licença Creative Commons
Todo conteúdo deste periódico, salvo quando explicitado de forma diferente, está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.