Quantificação de elementos químicos associados ao tráfego de veículos em bromélias atmosféricas transplantadas na Região Metropolitana do Recife

T. O. Santos, R. Vieira, C. A. Silva Filho, C. A. Hazin, E. Valentim

Resumo


A diminuição da qualidade do ar é um dos principais problemas ambientais nos grandes centros urbanos, sendo os veículos automotivos um dos principais contribuintes para a emissão de poluentes na atmosfera urbana. Bromélias atmosféricas são amplamente utilizadas em estudos de monitoração da qualidade do ar por dependerem exclusivamente da atmosfera para obtenção dos nutrientes e água necessários à sua sobrevivência. Por essa razão, a planta epífita Tillandsia recurvata foi selecionada para o desenvolvimento do presente trabalho, que teve como objetivo avaliar a qualidade do ar na Região Metropolitana do Recife (RMR) por meio de um estudo de biomonitoração ativa. Exemplares dessa espécie foram coletados em regiões não poluídas, distantes de potenciais fontes de emissão e transplantados em locais com diferentes intensidades de tráfego de veículos na RMR. Os biomonitores foram expostos por dois meses e após esse período as concentrações dos elementos Ni, Cu, Pb e Cd foram determinadas por ICP-MS (Espectrometria de Massa com Plasma Indutivamente Acoplado). Os pontos localizados próximos às rodovias com maior tráfego de veículos apresentaram as maiores concentrações dos elementos analisados, a saber, (2,9 ± 0,9) mg.kg-1 Ni, (14,8 ± 0,5) mg.kg-1 Cu, (5,4 ± 0,3) mg.kg-1 Pb e (0,10 ± 0,04) mg.kg-1 para o Cd, enquanto que as menores concentrações foram obtidas em áreas residenciais (0,62 ± 0,05) mg.kg-1 Ni, (2,5 ± 0,6) mg.kg-1 Cu, (1,0 ± 0,1) mg.kg-1 Pb e (0,014 ± 0,003) mg.kg-1 para o Cd, demonstrando assim uma correlação entre a acumulação dos elementos e a intensidade do tráfego de veículos.

Palavras-chave


Biomonitoração, Metais, Trânsito.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Scientia Plena

Licença Creative Commons
Todo conteúdo deste periódico, salvo quando explicitado de forma diferente, está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.