Estimação da dose de radiação por incorporação de Pb-210 nos ossos de habitantes de Recife/Pernambuco, Brasil

C. E. O. Costa Júnior, E. B. Silva, C. M. SILVA, J. A. Santos Júnior

Resumo


O 210Pb é um elemento distribuído naturalmente no ambiente e quando inalado e/ou ingerido pode ser depositado nos ossos, causando várias doenças, inclusive o câncer. O estudo deste elemento é importante do ponto de vista de proteção radiológica por sua contribuição para o aumento da dose interna recebida pelo homem. Contudo, são escassos os trabalhos que utilizam a concentração de 210Pb em urina humana, para estimativa de dose. Assim, o objetivo dessa pesquisa foi estimar a dose de radiação por incorporação de 210Pb nos ossos de habitantes de Recife (PE-Brasil). Para isso, a urina de 11 voluntários saudáveis e não fumantes foi coletada por 24 horas, para determinação da concentração de 210Pb. As amostras foram coletadas seguindo os procedimentos adotados pelo Instituto de Radioproteção e Dosimetria. O 210Pb foi separado através da técnica da resina trocadora de íons. Nesse processo, o 210Pb foi precipitado sob a forma de PbCrO4, cuja mensuração foi obtidas por meio de um detector proporcional de fluxo contínuo, Tennelec S5E da Canberra®. Para estimar a dose de radiação nos ossos foram adotados os valores de atividade de retenção e excreção sugeridos pela IAEA-37. Com base na variação da concentração de 210Pb obtida nas amostras de urina (82 a 712 mBq.L-1) foi estimada uma dose anual máxima de 2,15 nSv.a-1 nos ossos da população de Recife foi. Este valor está muito abaixo do limite médio anual de dose recomendado para indivíduos do público, que corresponde a 1 mSv.a-1, não representando risco radiológico para a população estudada.

Palavras-chave


Urina, radionuclídeos naturais, ossos

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Scientia Plena

Licença Creative Commons
Todo conteúdo deste periódico, salvo quando explicitado de forma diferente, está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.