A periodicidade diária do índice de conforto térmico na arborização de ruas de Curitiba-PR

Angeline Martini, Daniela Biondi, Antonio Carlos Batista, K. Zamproni

Resumo


O objetivo dessa pesquisa foi analisar o comportamento periódico diário do índice de conforto térmico entre ruas com e sem arborização na cidade de Curitiba. Para isto foram selecionadas três amostras, contendo um trecho de rua com e outro sem arborização, sendo que as ruas arborizadas eram compostas por diferentes espécies. O monitoramento das variáveis meteorológicas foi realizado com miniestações da marca Kestrel® e “medidores de stress térmico” TGD-400. A coleta diária desses dados foi das 9 às 15 horas, com intervalo de monitoramento de 1 minuto, repetida nas quatro estações do ano, com início no inverno de 2011. O índice utilizado para a análise do conforto térmico foi o UTCI. Os resultados demonstram que em todas as estações do ano, as ruas arborizadas apresentaram melhores condições de conforto térmico do que as ruas sem arborização, inclusive no inverno. Isto demonstra a importância da arborização de ruas para Curitiba e cidades com estações definidas. Conclui-se que a arborização de ruas proporciona um microclima urbano mais confortável termicamente ao longo do dia, em todas as estações do ano.


Palavras-chave


Arborização urbana, UTCI, Índice de conforto térmico

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Scientia Plena

Licença Creative Commons
Todo conteúdo deste periódico, salvo quando explicitado de forma diferente, está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.