Uso de biofilme de amido à base de própolis vermelha para a conservação de folhas de alface (Lactuca sativa)

Autores

  • Yzila Liziane Farias Maia Universidade Federal de Sergipe
  • Carolina Oliveira de Souza Universidade Federal da Bahia
  • Janice Izabel Druzian Universidade Federal da Bahia
  • Francine Ferreira Padilha Instituto de Tecnologia e Pesquisa ITP
  • Sara Cuadros Orellana Fundação Oswaldo Cruz

Palavras-chave:

Antibacteriano, alimento, bioproduto.

Resumo

A própolis é uma mistura de substâncias resinosas e balsâmicas que abelhas da espécie Apis mellifera L. coletam de várias plantas e levam até a colmeia. Esta resina tem sido amplamente utilizada para aplicações médicas, o que resulta no aumento do interesse por sua composição química, bem como por sua origem botânica e pode ser encontrado em muitas regiões do mundo, apresentando grande variação de composição química e biológica. A contaminação microbiológica em alimentos é uma das preocupações mais relevantes para a saúde pública, considerando os elevados índices de doenças provocadas por microrganismos patogênicos. As hortaliças são parte integrante da dieta da população mundial, sendo a alface uma hortaliça cosmopolita de grande preferência pelos consumidores. Uma alternativa viável de redução microbiana em frutas e hortaliças é a proteção durante o transporte e armazenamento com biofilmes biodegradáveis. Nesse trabalho foi investigado o potencial antimicrobiano de biofilme de amido incorporado com própolis vermelha, utilizado como embalagem protetora de folhas de alface. Foi realizado o teste de sensibilidade antimicrobiana de 10 extratos de própolis frente à Bacillus cereus. A contagem de B.cereus nas folhas de alface ocorreu após os tempos 0, 2 e 5 dias de armazenamento. O rendimento dos extratos hidroalcoólicos de própolis variou de 9,45% a 74,62%. Os resultados indicaram ação antibacteriana do biofilme incorporado com própolis vermelha frente à Bacillus cereus e que a incorporação desse extrato na concentração de 5% foi eficaz contra esta bactéria muito encontrada em água de irrigação de hortaliças.

Biografia do Autor

Yzila Liziane Farias Maia, Universidade Federal de Sergipe

Departamento de Alimentos, Laboratório de Cromatografia e Flavor.

Carolina Oliveira de Souza, Universidade Federal da Bahia

Departamento de Análises Bromatológicas

Janice Izabel Druzian, Universidade Federal da Bahia

Departamento de Análises Bromatológicas

Francine Ferreira Padilha, Instituto de Tecnologia e Pesquisa ITP

Laboratório de Biomateriais

Sara Cuadros Orellana, Fundação Oswaldo Cruz

Centro de Pesquisas René Rachou

Downloads

Publicado

2013-01-27