As contradições das políticas públicas de cultura e conservação da natureza: Morro da Massaranduba, Arapiraca – AL

Autores

  • Rosineide Nascimento da Silva Universidade Federal de Sergipe
  • Marcos Antônio Silvestre Gomes Universidade Federal Fluminense

Palavras-chave:

conservação ambiental, Morro da Massaranduba, Arapiraca

Resumo

Este trabalho caracteriza e discute, sob a perspectiva das políticas públicas municipais, os aspectos naturais e culturais do Morro da Massaranduba, uma área de interesse ambiental no município de Arapiraca-AL, Brasil. O Morro apresenta uma vegetação remanescente típica de regiões de transição entre a Caatinga e a Mata Atlântica e destaca-se no município pelo seu patrimônio ambiental/natural e relevância cultural. O estudo pautou-se em consultas bibliográficas; visitas técnicas à área para coletar, identificar e catalogar algumas espécies da flora e ordens da entomofauna; entrevistas em órgãos públicos; aplicação de questionários aos moradores locais. Verificou-se que as políticas públicas de planejamento e gestão da área a torna subutilizada, além de contribuir com passivos ambientais. Notadamente, o Morro apresenta uso restrito servindo, especialmente para uma manifestação religiosa anual, com o espetáculo da encenação da Paixão de Cristo, que contraditoriamente contribui para a extirpação dos elementos naturais.

Downloads

Publicado

2013-01-15