Análise quali-quantitativa de espécies arbóreas encontradas no Parque da Jaqueira, Recife - PE

M. M. O. Junior, M. I. O. Silva, L. L. S. Melo, V. L. G. L., W. Souza

Resumo


A arborização urbana necessita de um bom planejamento e de ser de boa qualidade para que a população possa usufruí-la de bom grado, principalmente quando está relacionada a parques, que são espaços públicos com dimensões significativas e predominância de elementos naturais, em especial, cobertura
vegetal, destinados a recreação [1]. Desse modo, os parques devem proporcionar o bem-estar para aqueles que o utilizam, além da necessidade de uma cobertura verde abundante. Ela fornece vários bens para o meio ambiente e população pelas suas funções ecológicas, tais como: amenização climática da região, redução da poluição do ar, aumento da umidade relativa, recarga do lençol freático, proteção dos solos, redução de ruídos, referencial urbano, etc. Dessa forma, um parque deve ser bem arborizado para o bemestar da população.

Palavras-chave


arborização urbana; parques verdes; problemáticas

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Scientia Plena

Licença Creative Commons
Todo conteúdo deste periódico, salvo quando explicitado de forma diferente, está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.