Estudo numérico da influência de condições de contorno na modelagem computacional de trocador de calor solo-ar

Autores

  • Michel Kepes Rodrigues Universidade Federal do Rio Grande Programa de Pós-Graduação em Modelagem Computacional
  • Jeferson Avila Souza Universidade Federal do Rio Grande Programa de Pós-Graduação em Modelagem Computacional
  • Joaquim Vaz Universidade Federal do Rio Grande Escola de Engenharia
  • Ivoni Carlos Acunha Junior Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (IFRS), Campus Rio Grande
  • Luiz Alberto Oliveira Rocha Universidade Federal do Rio Grande do Sul Programa de Pós-Graduação em Modelagem Computacional
  • Ruth da Silva Brum Universidade Federal de Pelotas Departamento de Matemática e Estatística
  • Elizaldo Domingues dos Santos Universidade Federal do Rio Grande do Sul Programa de Pós-Graduação em Modelagem Computacional
  • Liércio André Isoldi Universidade Federal do Rio Grande do Sul Programa de Pós-Graduação em Modelagem Computacional

DOI:

https://doi.org/10.14808/sci.plena.2015.081334

Palavras-chave:

trocador de calor solo-ar, simulação numérica, condições de contorno

Resumo

O trocador de calor solo-ar (TCSA) é um dispositivo utilizado para a melhoria da condição térmica de ambientes construídos, contribuindo na diminuição no consumo de energia elétrica dos equipamentos tradicionais de condicionamento de ar. Assim, os objetivos deste trabalho são de avaliar a influência da condição de contorno térmica de fluxo prescrito nulo no potencial térmico (PT) do TCSA, que é imposta nas superfícies laterais do domínio computacional, e de estudar a efeito do tipo de condição de contorno térmica imposta na superfície inferior do domínio computacional no tempo de processamento da simulação numérica de um TCSA. Para isso, um modelo computacional, validado e verificado, desenvolvido no software FLUENT, que é baseado no Método dos Volumes Finitos (MVF), foi empregado. Os resultados mostraram que o PT das instalações de TCSA analisadas é afetado para um espaçamento horizontal, entre o duto e a parede do domínio computacional, inferior a 2,00 m. Além disso, foi observado que a utilização da condição de contorno de temperatura prescrita imposta na superfície inferior do domínio computacional contribuiu para a redução do tempo de processamento da simulação numérica em 18%, quando comparada com a utilização da condição de contorno térmica de fluxo prescrito nulo.

Biografia do Autor

Michel Kepes Rodrigues, Universidade Federal do Rio Grande Programa de Pós-Graduação em Modelagem Computacional

http://lattes.cnpq.br/0379919270609981

Downloads

Publicado

2015-08-31

Edição

Seção

VI Conferência Sul em Modelagem Computacional