Análise numérica da flambagem térmica em placas finas de aço

Daniel Helbig, Roberta da Silva Michaello, Elizaldo Domingues dos Santos, Mauro de Vasconcellos Real, Luiz Alberto Oliveira Rocha, Liércio André Isoldi

Resumo


Placas finas de aço são elementos estruturais muito utilizados em diversas aplicações de engenharia, como em plataformas offshore, pontes, navios, aviões e automóveis. Porém, em algumas  situações específicas as placas podem sofrer flambagem térmica, que é uma deflexão lateral causada simplesmente por um aumento de temperatura (variação crítica de temperatura). Este artigo utilizou um modelo computacional desenvolvido no software ANSYS, que é baseado no Método dos Elementos Finitos (MEF), para tratar o problema da flambagem térmica em placas. O modelo numérico foi verificado através da comparação de seus resultados com a solução analítica do problema. Foram analisadas placas com diferentes relações de H/L, sendo H a altura e L o comprimento da placa. Além disso, diferentes espessuras para a placa foram também consideradas. Os resultados indicam que o aumento da variação crítica de temperatura está relacionado tanto ao aumento da relação H/L como também com o aumento da espessura da placa.

Palavras-chave


Flambagem térmica, placas finas, Método dos Elementos Finitos (MEF)

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.14808/sci.plena.2015.081308

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Scientia Plena

Licença Creative Commons
Todo conteúdo deste periódico, salvo quando explicitado de forma diferente, está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.