Análise da influência de parâmetros construtivos no funcionamento de um equipamento de infusão mecanizada

Vinícius Timm Bonow, Fabiano Jorge Macedo, Elizaldo Domingues dos Santos, Fabiane Binsfeld Ferreira dos Santos, Felipe Bier de Mello, Liércio André Isoldi

Resumo


O presente trabalho possui como objetivo a caracterização de um problema encontrado em uma linha de produção de bombas de infusão peristáltica linear, com a utilização de um software capaz de interpretar dados experimentais por meio de análise estatística. O problema encontrado foi que ao se verificar a pressão máxima que o equipamento atingia, o mesmo não atendia os critérios de liberação do produto, o que ocasionaria uma possível vazão livre, podendo levar a óbito o paciente que por ventura viesse a utilizar o equipamento. Esta caracterização foi realizada através de experimentos, onde se verificou a influência de cada componente na pressão máxima do equipamento (refluxo), a qual existe uma especificação de um valor mínimo e máximo para a sua conformidade. Foram montadas várias configurações para o equipamento, variando uma peça específica e fixando as demais, obtendo assim várias respostas de pressão de refluxo. Após toda a coleta de dados, analisou-se, através do software de análise estatística MINITAB, os dados coletados, obtendo assim a peça mais crítica, onde devido a alguma variação desta, seria grande a influência na variável pressão de refluxo. Foi gerada uma reta de regressão com todos estes componentes e suas influências, tendo como resposta a pressão máxima da configuração inserida na reta. Com isso foi possível validar esta reta experimentalmente e analiticamente e redefinir as especificações de cada componente, considerando qualquer variação de lote de fornecimento ou tipo de peça, assegurando que o equipamento desenvolverá sua função de maneira segura e adequada.


Palavras-chave


bomba de infusão, MINITAB, refluxo

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.14808/sci.plena.2015.081307

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Scientia Plena

Licença Creative Commons
Todo conteúdo deste periódico, salvo quando explicitado de forma diferente, está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.