Atividade antimicrobiana dos sumos de alecrim, aroeira, guiné e mastruz sobre Staphylococcus aureus e Escherichia coli

Ana Paula Oliveira Souza, Rayane Macedo Oliveira, Susy Ferraz de Oliveira, Jorge Luiz Fortuna

Resumo


Práticas relacionadas ao conhecimento empírico sobre plantas medicinais visam tratamento de doenças ou manutenção da saúde, podendo ser uma das alternativas para a descoberta de novos medicamentos. Este trabalho objetivou avaliar atividade antimicrobiana dos sumos de Rosmarinus officinalis (Alecrim), Schinus terebinthifolius (Aroeira), Petiveria alliacea (Guiné) e Chenopoduim ambrosioides (Mastruz) contra espécies de bactérias Staphylococcus aureus e Escherichia coli. Objetivos específicos: avaliar atividade antimicrobiana dos sumos vegetais em diferentes concentrações necessárias para inibir crescimento de S. aureus e E. coli; identificar sumo da planta mais eficaz frente S. aureus e E. coli. Atividade antibacteriana dos sumos foi determinada por difusão em placas com Ágar Müeller-Hinton usando método de difusão em disco. Discos brancos foram impregnados com 1,0 mL dos sumos nas concentrações 1,0; 0,5; 0,25; 0,125. Ensaios realizados em triplicata e placas incubadas a 36ºC/24h, leituras realizadas através da medição dos halos de inibição de crescimento. Sumos das plantas que apresentaram atividade antimicrobiana contra E. coli foram guiné e mastruz, enquanto que S. aureus apresentou maior sensibilidade ao sumo da aroeira. Trabalho demonstrou que as plantas medicinais são uma excelente fonte para busca de novas drogas antimicrobianas, por apresentarem um grande potencial antibacteriano. Recomenda-se o desenvolvimento de novos estudos, utilizando outros métodos de difusão de discos e de concentrações, bem como a utilização de outras plantas frente a outros tipos de bactéria.


Palavras-chave


Antimicrobiano; Plantas Medicinais; Sensibilidade

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Scientia Plena

Licença Creative Commons
Todo conteúdo deste periódico, salvo quando explicitado de forma diferente, está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.